Área do Assinante

Acesse sua conta e leia agora as principais notícias da nossa cidade e região e conteúdos exclusivos d'O SUL DE MINAS.com.

Cadastrar
Perdi minha senha!
Acesse www.osuldeminas.com

Importância dos Exercícios na Obesidade, Osteoartrose e Reabilitação Cardíaca...

19/12/2014 às 10:48

Que a obesidade é o mau do século todos sabem e que o meio ambiente tem relação direta com este fator também não é novidade, assim como o exercício físico e a alimentação balanceada são decisivos em um programa de "emagrecimento" de sucesso.
Junto com a obesidade podem aparecer outras doenças como a Osteoartrose por exemplo, que decorre de uma lenta e progressiva degradação da cartilagem articular, um tecido elástico que recobre as extremidades ósseas e amortecem os impactos. Como agravante sabemos que uma pessoa obesa pode aumentar a sobrecarga nos joelhos em até 5 vezes seu peso se estiver correndo e em até 12 vezes ao saltar.
Em um programa de emagrecimento podemos colocar como meta segura, perder 5% do peso corporal em 20 semanas, isto é real e reduz sintomas. A maioria das pessoas que apresentam a Osteoartrose ficam com medo de fazer exercícios, outras não conseguem ao menos seguir a clássica indicação médica de caminhar, devido ao desconforto articular e a dor. 
A grande "novidade" é que na maioria destes casos, o primeiro exercício agora prescrito pelos médicos do mundo todo é a musculação supervisionada. Uma verdadeira revolução no auxílio do tratamento desta e de muitas outras doenças. Com o acompanhamento de um professor especializado, mesmo pessoas que não conseguem caminhar, fazem sessões adaptadas de musculação supervisionada, fortalecendo os músculos do corpo, melhorando a mobilidade e auxiliando no alívio da dor. Com o tempo, passam a caminhar e melhorar o desempenho nas atividades diárias, muitos voltando a praticar atividades diversas, que antes eram impossíveis pela limitação da doença. Mesmo nos casos das próteses, a musculação tem também o efeito protetor, pelo fortalecimento dos músculos, tendões, e pela melhora do equilíbrio.
Falando em obesidade e suas consequências, nos programas de Reabilitação Cardíaca da AHA (American Heart Association), e do ACSM (American College of Sports Medicine), preconiza-se o Exercício Resistido (musculação) como parte importante do tratamento, iniciando já no leito, logicamente sob supervisão Médica. Posteriormente, com a alta do paciente, os exercícios de musculação supervisionada devem continuar sem interrupção, aplicados por  professor especializado, tendo este exercício fundamental importância no progresso do indivíduo, devendo acompanhá-lo se possível por toda vida. 
A musculação é fácil de ser realizada, segura para todos (na saúde, na doença e no envelhecimento), proporciona resultados eficientes tanto estéticos quanto terapêuticos e é acessível.   
Saibam que está comprovado cientificamente que quanto maior a capacidade física das pessoas em geral, menor o risco de morte por doenças,
mas o contrário também é verdade!
Que a obesidade é o mau do século todos sabem e que o meio ambiente tem relação direta com este fator também não é novidade, assim como o exercício físico e a alimentação balanceada são decisivos em um programa de "emagrecimento" de sucesso.Junto com a obesidade podem aparecer outras doenças como a Osteoartrose por exemplo, que decorre de uma lenta e progressiva degradação da cartilagem articular, um tecido elástico que recobre as extremidades ósseas e amortecem os impactos. Como agravante sabemos que uma pessoa obesa pode aumentar a sobrecarga nos joelhos em até 5 vezes seu peso se estiver correndo e em até 12 vezes ao saltar.Em um programa de emagrecimento podemos colocar como meta segura, perder 5% do peso corporal em 20 semanas, isto é real e reduz sintomas. A maioria das pessoas que apresentam a Osteoartrose ficam com medo de fazer exercícios, outras não conseguem ao menos seguir a clássica indicação médica de caminhar, devido ao desconforto articular e a dor. A grande "novidade" é que na maioria destes casos, o primeiro exercício agora prescrito pelos médicos do mundo todo é a musculação supervisionada. Uma verdadeira revolução no auxílio do tratamento desta e de muitas outras doenças. Com o acompanhamento de um professor especializado, mesmo pessoas que não conseguem caminhar, fazem sessões adaptadas de musculação supervisionada, fortalecendo os músculos do corpo, melhorando a mobilidade e auxiliando no alívio da dor. Com o tempo, passam a caminhar e melhorar o desempenho nas atividades diárias, muitos voltando a praticar atividades diversas, que antes eram impossíveis pela limitação da doença. Mesmo nos casos das próteses, a musculação tem também o efeito protetor, pelo fortalecimento dos músculos, tendões, e pela melhora do equilíbrio.Falando em obesidade e suas consequências, nos programas de Reabilitação Cardíaca da AHA (American Heart Association), e do ACSM (American College of Sports Medicine), preconiza-se o Exercício Resistido (musculação) como parte importante do tratamento, iniciando já no leito, logicamente sob supervisão Médica. Posteriormente, com a alta do paciente, os exercícios de musculação supervisionada devem continuar sem interrupção, aplicados por  professor especializado, tendo este exercício fundamental importância no progresso do indivíduo, devendo acompanhá-lo se possível por toda vida. A musculação é fácil de ser realizada, segura para todos (na saúde, na doença e no envelhecimento), proporciona resultados eficientes tanto estéticos quanto terapêuticos e é acessível.   
Saibam que está comprovado cientificamente que quanto maior a capacidade física das pessoas em geral, menor o risco de morte por doenças,mas o contrário também é verdade!


Recomendar a um amigo Voltar
Ver todas as notícias em Saúde e Bem-Estar Ver todas as notícias

Mensagem rápida | Editais | Adm | Classificados | Comercial | Leitor

The CAPTCHA image

Em Áudio

Digite abaixo os caracteres acima correspondentes.


cancelar

Jornal O Sul de Minas | Rua Xavier Lisboa, 316 CEP: 37501-042 | Itajubá, MG - Brasil | Telefax: 35 3621 1522

Sites profissionais para o seu negócio