Área do Assinante

Acesse sua conta e leia agora as principais notícias da nossa cidade e região e conteúdos exclusivos d'O SUL DE MINAS.com.

Cadastrar
Perdi minha senha!
Acesse www.osuldeminas.com

Companheirismo

19/01/2015 às 08:00

Por Fredmarck Gonçalves Leão ? Cadeira 40

O Homo sapiens, concebido de espírito gregário pelo Criador, sempre se louvou no companheirismo em quase todas as atividades, atitudes, lidas e lutas do seu dia a dia, desde os tempos da caverna. A palavra companheirismo provém de companheiro que envolve amigo, camarada, colega, etc. Todas essas palavras se convergem para uma só, de maior significado: amizade, que é o sentimento que deve reinar em dado grupo, quer familiar, profissional ou social. É fator de estabilidade e sobrevivência do grupo, que reúne ingredientes essenciais, que jamais devem ser olvidados, como: a tolerância, a compreensão, o respeito e a confiança. Companheiro vem do latim cum pane e significa o comensal, o que come do mesmo pão, na mesma mesa. O companheiro era aquele que vivia, na Roma antiga, compartilhando com outros a sorte, a comida, as alegrias, preocupações, tristezas  e  satisfações.   Os companheiros  eram   aqueles que se empregavam em um mesmo mister e recebiam o mesmo  salário. Nos períodos de folga e descanso, sentavam-se à mesma mesa, para a refeição em comum, que devia constituir-se do pão, alimento mais barato e ao alcance dos bolsos mais pobres. Daí nasceu o termo cum pane:  companheiro  e, por extensão, companheirismo. Companheirismo é a caminhada para a amizade. É a senda da crítica para o conselho. Da soberba para a modéstia. Da ausência para a presença. Do entendimento para a compreensão. Do indiferentismo para a solidariedade É o aperto de mão que traduz renúncia. É o   esquecimento  pelo  perdão,  na   busca honesta da reconciliação. É sempre estreitando os laços  na  direção  do perfeito relacionamento.
    Companheirismo é algo imponderável: agrega, harmoniza, protege, contagia, nivela homens e mulheres de todas as idades, criando uma fraternidade afetuosa que se aprofunda com o tempo de convívio e com a certeza da identidade de objetivos, apesar das falhas humanas, das vaidades, dos pequenos e até dos grandes deslizes, das fraquezas, da inveja, da sede imatura de competição.


Recomendar a um amigo Voltar
Ver todas as notícias em ACADEMIA ITAJUBENSE DE LETRAS (AIL) Ver todas as notícias

Mensagem rápida | Editais | Adm | Classificados | Comercial | Leitor

The CAPTCHA image

Em Áudio

Digite abaixo os caracteres acima correspondentes.


cancelar

Jornal O Sul de Minas | Rua Xavier Lisboa, 316 CEP: 37501-042 | Itajubá, MG - Brasil | Telefax: 35 3621 1522

Sites profissionais para o seu negócio