Área do Assinante

Acesse sua conta e leia agora as principais notícias da nossa cidade e região e conteúdos exclusivos d'O SUL DE MINAS.com.

Cadastrar
Perdi minha senha!
Acesse www.osuldeminas.com

Presidente da Transparência Itajubá vai acionar justiça contra pai do prefeito

28/10/2016 às 10:37

Wander Machado chegou a ser levado para a delegacia dias antes da eleição para prestar esclarecimentos contra denúncia de Sebastião Riera

O Presidente da Transparência Itajubá, Wander Machado, chegou a ser levado para prestar depoimento na Delegacia de Polícia Civil no dia 29 de setembro deste ano após a denúncia de Sebastião Riera, pai do prefeito, de que estaria distribuindo panfletos anônimos contra o até então candidato do PMDB, Rodrigo Riera, agora reeleito.

No entanto, conforme esclareceu à Polícia Civil e à reportagem do Jornal O SUL DE MINAS, Wander não distribuiu panfletos anônimos, mas entregou a amigos cópia de nota emitida pela Polícia Civil a respeito da investigação realizada contra supostos desvios na prefeitura de Itajubá. “Como cidadão, tirei na internet a cópia da nota da Polícia Civil. Distribuí para alguns amigos e citei o nome deles para a polícia. Entreguei a alguns amigos para eles tomarem conhecimento por que a nota é pública”, disse ele. Após prestar depoimento, Wander Machado foi liberado.  

Ação Judicial

                Diante desta condição, Wander afirmou à reportagem do Jornal O SUL DE MINAS que irá entrar com uma ação judicial contra Sebastião Riera  por denunciação inverídica. Confira trecho da nota emitida por ele, via Transparência Itajubá:

“O Indevido Indiciamento do Presidente da Transparência Itajubá, Sr. Wander Rodrigues Machado, ocorrido no dia 29/09/2016, por volta das 18:00 horas, o levou à presença das Polícias Militar e Civil, em razão de denúncia inverídica, de que estava DISTRIBUINDO IMPRESSOS na região central de Itajubá, cujo teor visava difamar a campanha do atual Prefeito Municipal e candidato a reeleição, Sr. Rodrigo Imar Martinez Riera.

O Sr. Wander, de acordo com BO-Boletim de Ocorrência lavrado na Polícia Militar, declarou que se tratava de “IMPRESSOS” com o Título “Operação Soledade : PCMG Deflagra Desvios de Recurso Público em Itajubá”. Todo Conteúdo destes “IMPRESSOS” se refere a uma cópia na íntegra de uma reportagem que se encontra hospedada em diversos Sites da Internet, inclusive no Site da própria PCMG-Polícia Civil de Minas Gerais. Portanto um IMPRESSO de caráter público.

Dando prosseguimento, quanto ao Depoimento do Sr. Wander ao Delegado da Polícia Civil de Itajubá, este foi bastante elucidativo, no qual adiantou que tomou conhecimento de uma entrevista coletiva, realizada no Hotel Embaixador, de Itajubá, dada por um representante da Polícia Civil de Minas Gerais, o Delegado Dr. Rodrigo Bossi, da qual não pode participar, entrevista esta que versava sobre o Conteúdo dos IMPRESSOS acima referidos, com possíveis atos ilícitos praticados na gestão do atual Prefeito Municipal, Sr. Rodrigo Riera. O Sr. Wander adiantou ainda que ENTREGOU alguns IMPRESSOS ( ou Panfletos) a dois amigos que estavam na Praça Central, citando inclusive os seus nomes e que demais IMPRESSOS que portava em sua pasta, seriam entregues para conhecimento dos  membros filiados da ONG “Transparência Itajubá”, na Reunião programada para 18:30 horas, deste mesmo dia 29/09/2016, a qual não ocorreu devido a este incidente. O Sr. Wander declarou ainda que tomou cautela de citar ao final do Conteúdo dos IMPRESSOS, uma “NOTA indicando a origem da informação neles contida, a fim de demonstrar que esta não foi manipulada ou editada por ele”.

Inocentado

                Wander foi inocentado pelo Promotor da Justiça Eleitoral, José Acácio Arruda: “Tratando-se de notícia divulgada ao público pela imprensa regular e que se origina na Polícia Civil, não se pode atribuir ao autuado Wander Rodrigues Machado a prática de alguns dos crimes definidos nos artigos 323 326 do Código Eleitoral”. Confira a íntegra do documento em foto publicada nesta reportagem.

Wander

Sobre o ocorrido Wander se pronunciou e alegou que: “Finalizando este intempestivo e indevido indiciamento, consequente de um impresso, o qual, se tivesse sido previamente analisado e constatado o seu caráter de ordem pública, todo constrangimento causado, teria sido evitado:

A Transparência Itajubá tem prestado um grande trabalho à nossa Comunidade Itajubense no combate à Corrupção, pela Ética na Política e pelo devido e correto emprego do Dinheiro Público, em razão do que, temos conseguido economizar milhões de reais ressarcidos aos cofres públicos, por exigência pela nossa Justiça local.

Trabalho este pautado sempre sobre documentos que uma vez procedentes de prováveis irregularidades, são encaminhados Ministério Público para as devidas providências cabíveis.

Exercer nossa Cidadania, implica em cumprirmos Deveres, bem como exigirmos nossos Direitos, principalmente em benefício da Coletividade. Isto exige participação e empenho, um despertar de Indivíduos para Cidadãos, através, principalmente, de Entidades Organizadas, no nosso caso a Transparência Itajubá”, concluiu.


Recomendar a um amigo Voltar
Ver todas as notícias em Política Ver todas as notícias

Mensagem rápida | Editais | Adm | Classificados | Comercial | Leitor

The CAPTCHA image

Em Áudio

Digite abaixo os caracteres acima correspondentes.


cancelar

Jornal O Sul de Minas | Rua Xavier Lisboa, 316 CEP: 37501-042 | Itajubá, MG - Brasil | Telefax: 35 3621 1522

Sites profissionais para o seu negócio