Área do Assinante

Acesse sua conta e leia agora as principais notícias da nossa cidade e região e conteúdos exclusivos d'O SUL DE MINAS.com.

Cadastrar
Perdi minha senha!
Acesse www.osuldeminas.com

Reitoria da Unifei está apurando possíveis irregularidades em gestão anterior

02/12/2015 às 11:10

Por Gustavo Cortez

O Prédio da Incit, desativado no primeiro semestre de 2014 por falhas estruturais, é um dos problemas que estão sendo investigados

Inúmeras irregularidades na gestão anterior da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), do Professor Renato Nunes, foram divulgadas pela mídia local e comentadas pela comunidade acadêmica. Entre elas, a mais evidente, foi a construção do prédio da Incit (Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá).  

A estrutura foi construída em 2012 com recursos da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECTES)/FAPEMIG, no montante aproximado de R$ 4 milhões e a sua desocupação aconteceu em razão de problemas estruturais no prédio, entre eles, rachaduras e infiltrações.

O problema é que desde então, o prédio continua interditado. Com relação a este caso, a universidade informou que para apurar as responsabilidades, foi aberta uma sindicância e os procedimentos judiciais decorrentes foram providenciados pela Procuradoria Federal junto à Unifei. O processo se encontra sob a responsabilidade da Procuradoria Seccional Federal em Pouso Alegre.

Outras sindicâncias

A Unifei divulgou ainda que desde o início do mandato, a nova administração da  universidade tem investigado todas possíveis irregularidades identificadas, nos termos da legislação pertinente.

Assim, foram feitas auditorias específicas, abertos, 30 Sindicâncias e Processos Administrativos, 5 destes processos foram enviados para o Ministério Público, que tomará as devidas providências. E, ainda, a universidade solicitou auditoria da Controladoria-Geral da União – CGU, cujo relatório está disponibilizado no portal da Lei de Acesso à Informação: http://www.unifei.edu.br/acesso-a-informacao/auditorias.

Sobre o prédio da Incit

O prédio estava em funcionamento desde 2012 e após um tempo começaram a aparecer problemas estruturais, como por exemplo, infiltrações e rachaduras e um laudo técnico solicitou o esvaziamento do prédio.

A estrutura foi construída com recursos da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECTES)/FAPEMIG, no montante aproximado de R$ 4 milhões.O Vice-Reitor da Unifei, Paulo Waki disse na época que já havia sido feita uma punição de sindicância, onde foram apontados todos os erros na construção do prédio, desde a sua fundação até o processo de fiscalização da estrutura física do prédio.

Todas as empresas incubadas estão executando seus trabalhos no Prédio Central da Unifei, desde agosto do ano passado. Após a reforma, a Incit deverá voltar a funcionar normalmente nas dependências do campus.

Reforma

Assim que estava para ser desativado, no início de 2014, a reportagem esteve no local e fez uma visita para conhecer as instalações do prédio. Na época, a Coordenadora e Gerente da Incit, Geanete Dias Batista, que não está mais no cargo, mostrou todos os problemas na estrutura do prédio e informou que a reforma seria bancada pela Unifei e deverá custar por volta de R$ 1 milhão.

Ela havia declarado ainda que não havia previsão para o início das atividades de reforma e nem o tempo que será gasto para que seja concluída. A coordenadora  ressaltou ainda que o serviço seria realizado por uma empresa do processo licitatório, que  até não ocorreu.  

Entre as mudanças no prédio divulgadas na época, seriam dois espaços localizados no terceiro andar, que foram projetados para servir como uma área de convivência que deveriam ser cimentados. Os ambientes são gramados e são responsáveis pelas infiltrações no prédio.

Até hoje as mudanças e a reforma não aconteceram em razão da sindicância que está sendo executada para apurar as responsabilidades da má construção do prédio. 


Recomendar a um amigo Voltar
Ver todas as notícias em Educação Ver todas as notícias

Mensagem rápida | Editais | Adm | Classificados | Comercial | Leitor

The CAPTCHA image

Em Áudio

Digite abaixo os caracteres acima correspondentes.


cancelar

Jornal O Sul de Minas | Rua Xavier Lisboa, 316 CEP: 37501-042 | Itajubá, MG - Brasil | Telefax: 35 3621 1522

Sites profissionais para o seu negócio