Área do Assinante

Acesse sua conta e leia agora as principais notícias da nossa cidade e região e conteúdos exclusivos d'O SUL DE MINAS.com.

Cadastrar
Perdi minha senha!
Acesse www.osuldeminas.com

QUANTO CUSTOU O APOIO?

28/10/2016 às 10:46

Dentro de um padrão de conduta caracterizado pela decência os governantes nunca fariam uso dos recursos públicos para conseguir e ter, durante seus mandatos, o apoio de veículos de imprensa.

A situação é vexatória e provavelmente ilegal, quando se observa que as relações entre o poder público e certos meios de comunicação se mantêm amistosas pela distribuição de verbas públicas para que se mantenham “amigas” e “apóiem” o dito governo.

Esta condição é perfeitamente vista em Itajubá.

Desde que assumiu o cargo de prefeito, Rodrigo Riera em conjunto com seu vice, Christian Gonçalves, adotaram a tática de serem apoiados pelos meios de comunicação instalados na cidade.

Nenhum meio de comunicação, digno e coerente com sua missão, tem que “apoiar” ou “não apoiar” qualquer governo.

Imprensa divulga o que acontece. Imprensa, decente e não canalha, mostra tudo o que ocorre e não somente aquilo que lhe é encomendado para divulgar. 

Se veículos de imprensa se comportam como mercenários devem ser exemplarmente punidos.

As punições a que me refiro são várias. No campo da legalidade, no campo da recusa, por parte da população, em prestigiar tais embustes e em várias outras frentes de punição.

A publicação Itajubá Notícias e as emissoras de rádio Itajubá AM, Jovem FM e Panorama FM formam o círculo de “apoio” ao atual prefeito e seu vice.

Todas recebem verbas públicas para tecer elogios e permanentes campanhas de apoio aos ocupantes do comando na prefeitura.

A sordidez desta situação precisa ser amplamente divulgada e legalmente combatida.

Os Jornais que edito não fazem parte desta “máquina de apoio” pelo simples raciocínio de que a moral norteia o ser humano e em respeito à ética e defesa da verdade não nos vendemos a quem quer que seja.

E não denuncio esta situação porque estaria com inveja. Ao contrário, denuncio por discordar dos métodos praticados por quem paga e por quem recebe.

Atos desabonadores ao povo de Itajubá são divulgados com todas as nossas forças, assim como atos benéficos são bradados com a devida boa vontade.

Solicitei no último dia 26 de outubro ao secretário de finanças da prefeitura municipal de Itajubá a relação de todos os pagamentos efetuados às empresas de comunicação citadas acima desde 1º de janeiro de 2013.

O referido pedido feito em ato de boa vontade, se não respondido no prazo legal de 20 dias, conforme a Lei de Acesso à Informação, será encaminhado ao Ministério Público de Minas Gerais com o acréscimo de pedido de investigação da legalidade dos atos e valores envolvidos.

A necessidade de se esclarecer tal “relação de apoio” vai muito além dos pagamentos efetuados. É preciso esclarecer as intenções do prefeito, do vice e dos proprietários e diretores destes meios de comunicação, citados acima, ao pagar e receber dinheiro público (que não está sobrando para outras necessidades reais e prementes do povo) em grande volume e de forma totalmente questionáveis.

A Operação Soledade tem nesta questão um grande foco para investigação.

Canais de imprensa que se associam a governos e proíbem que outras correntes de opinião, divergentes do prefeito e vice, tenham o mesmo direito de se pronunciar estão praticando a mais vergonhosa e depravada censura. Censura esta detestável em qualquer lugar minimamente civilizado. E Itajubá não vive na Idade das Pedras para tolerar tal situação.

É preciso que esta situação anômala seja plenamente esclarecida e os valores envolvidos nesta relação sejam conhecidos.

Para quem possa pensar errado: não estou reclamando por um único centavo.

Não aceito dinheiro vindo de fontes suspeitas e nem me rendo aos encantos do poder.

Poder efêmero e que leva muitos à desgraça.


Recomendar a um amigo Voltar
Ver todas as notícias em Coluna do Santiago Ver todas as notícias

Mensagem rápida | Editais | Adm | Classificados | Comercial | Leitor

The CAPTCHA image

Em Áudio

Digite abaixo os caracteres acima correspondentes.


cancelar

Jornal O Sul de Minas | Rua Xavier Lisboa, 316 CEP: 37501-042 | Itajubá, MG - Brasil | Telefax: 35 3621 1522

Sites profissionais para o seu negócio