Área do Assinante

Acesse sua conta e leia agora as principais notícias da nossa cidade e região e conteúdos exclusivos d'O SUL DE MINAS.com.

Cadastrar
Perdi minha senha!
Acesse www.osuldeminas.com

Ainda há tempo: 17 não!

12/06/2015 às 08:11

Por Marco Gonçalves

A ACIEI e a CDL se manifestaram oficialmente contrárias ao aumento no numero de vereadores. Aprovado em 2013, o projeto sofreu imensa rejeição da opinião pública, mas os vereadores deram de ombros e agiram de acordo com seus interesses políticos. Ora, com 17 vagas é muito mais fácil se eleger. A equação é simples, embora os vereadores neguem essa justificativa.

Todas as desculpas para justificar o aumento não se mostram consistentes. A desculpa de maior representatividade também é balela. Os 10 vereadores eleitos pelo povo devem representar toda a população, como também deve ser com 17. Vereadores não podem representar somente um bairro ou um grupo religioso. Quem se sente representado pela maioria dos vereadores que estão na Câmara? 17 novos parlamentares podem acrescentar mais cadeiras e mais nomes, mas se não houver uma mudança profunda de mentalidade, os vereadores, sejam 10, 17 ou 50, vão continuar representando apenas seus interesses particulares e não o de toda uma cidade.    

As entidades que representam o comércio de Itajubá ressaltam que a crise econômica traz consigo um momento de corte de gastos. E é obvio que com 17 parlamentares, o gasto da câmara vai aumentar. Vereadores esperneiam dizendo que o orçamento da câmara continuará o mesmo, mas se os mesmos cortes planejados para acomodar os 17 forem feitos com 10 vereadores, vai sobrar mais dinheiro para investir em coisas realmente importantes para a população como saúde, por exemplo.

Três vereadores se mostram favoráveis a discutirem à questão. Santi, Ricardo e Wilson querem diminuir o número de cadeiras para 2017. É preciso quatro nomes para se apresentar um projeto na Câmara, mas os outros vereadores parecem irredutíveis. O tempo para se apresentar o número definitivo de vagas em disputa para a eleição do ano que vem está se esgotando e é de conhecimento também que há conversas nos bastidores do Legislativo sobre este tema, mas há interesses maiores por trás e dificilmente os vereadores voltarão atrás na decisão de aumentar as cadeiras da Câmara. Vai faltar espaço, vai faltar dinheiro, assim como hoje falta o bom senso.


Recomendar a um amigo Voltar
Ver todas as notícias em Editorial Ver todas as notícias

Mensagem rápida | Editais | Adm | Classificados | Comercial | Leitor

The CAPTCHA image

Em Áudio

Digite abaixo os caracteres acima correspondentes.


cancelar

Jornal O Sul de Minas | Rua Xavier Lisboa, 316 CEP: 37501-042 | Itajubá, MG - Brasil | Telefax: 35 3621 1522

Sites profissionais para o seu negócio